Spiga

O Espiritismo e os Animais


Quem visita habitualmente este blogue depara com posts acerca da defesa dos direitos dos animais. Alguns perguntar-se-ão se o Espiritismo tem alguma "inclinação natural" para essa causa.

O Espiritismo está naturalmente inclinado a todas as boas causas. Se os animais aparecem com alguma frequência neste blogue, é porque os seus membros gostam muito de animais e sentem a falta de acções que os defendam.

Muitas vezes os defensores dos animais são apelidados de "insensíveis" para com os humanos - como se gostar de animais impedisse que se gostasse de humanos! Pelo contrário, quem não encontra em si bondade para com os animais, também não a tem para com os humanos. E está provado que muitos criminosos violentos começaram as suas "proezas" com os maus tratos aos animais, por sua iniciativa ou ensinados por outrem.

Ensinar o respeito pelos animais é criar uma sociedade mais pacífica e consciente.

As religiões ensinam que os animais não têm alma. Não é concebível, para os espíritas, que Deus, que é todo bondade e justiça, desprezasse os animais, criando-os unicamente para servirem de alimento, distracção e auxílio no trabalho.

Para o Espiritismo, os animais são irmãos em evolução, tal como os humanos. Os animais não são ainda Espíritos; não possuem uma inteligência, livre-arbítrio e consciência de si próprios que se nos comparem. Possuem, contudo, o princípio espiritual, como que um esboço do Espírito que serão futuramente. Os animais, portanto, também sobrevivem à morte física, reencarnam e evoluem.

O espectáculo cruento de um animal que mata outro para se alimentar, longe de atestar uma suposta crueldade de Deus, ou o rebaixar dos animais por parte de Deus, é uma forma de os animais desencarnarem, assegurando a evolução através da reencarnação, e mantendo o equilíbrio ecológico.

A atitude do Espiritismo para com os animais é de respeito, carinho e compaixão. Todo o sofrimento inútil lhes deve ser poupado. Ainda existem pessoas que têm que se alimentar de animais. Contudo, a posição espírita acerca disso é que os animais devem ser criados e abatidos com o mínimo de sofrimento. Torturar e abater animais para divertimento, não é, também aceitável.

De resto, o Espiritismo não controla as opiniões e os comportamentos sociais dos seus simpatizantes. Não é uma religião nem uma seita, mas uma filosofia, e, como tal, cada espírita responde perante a sua consciência.

Alguns religiosos defendem que os animais, "não tendo alma", não sofrem nem têm que merecer qualquer consideração. A Ciência mostra que os animais sofrem consoante a sua organização nervosa mais ou menos sofisticada, e quanto à questão da "alma", para nós, têm-na, sim.

Alguns ateus defendem que o amor pelos animais é um produto da evolução genética, que nos leva a ter uma empatia por alguns animais, que achamos mais estimáveis, por motivos meramente biológicos, por processos químicos cerebrais. Para o Espiritismo a inteligência não é produto da matéria: a matéria é veículo para a manifestação da inteligência. Dito de outra forma, o amor pelos animais não é um incidente evolutivo sem significado; ele é uma manifestação do Espírito, uma expressão de caridade, uma lei divina.

O animal selvagem que nos olha, esquivo; o animal que nos acompanha no dia a dia e que, dizemos, "só lhe falta falar", são para nós bênçãos de Deus e companheiros de jornada na evolução.

Partilhe este artigo:

45 comentários:

ejsantos

17.7.08

Pessoalmente considero que os maus tratos aos animais é um sinal de bárbarie.
Detesto, por ex. pessoas que compram casacos de peles. Sabiam que muitas vezes esfolam os animais vivos? Arre, fico mesmo indignado com esta sevejaria cruel.

André

17.7.08

Tais maus tratos provêm do estado de barbárie, como muito bem diz, em que muitos habitantes da Terra ainda se encontram. Mas também da convicção popularizada por alguns filósofos não muito antigos, de que os animais "não sofrem". Um tremendo disparate, amplamente desmentido pela Ciência. Ghandi, o pensador e líder espiritual e político hindu, dizia que a modo como tratamos os animais é o melhor indicativo da evolução de um indivíduo ou colectividade. Infelizmente ainda há quem ache que as posses materiais é que são sinónimo de evolução...

RUI FERNANDES MORGADO

7.2.09

SOU UM ESPÍRITA CONVICTO, AMO OS ANIMAIS, CONTUDO NÃO IREI TECER COMENTÁRIOS SÔBRE A IMPORTÂNCIA DE NOSSOS "IRMÃOS MENORES" NA NATUREZA E EM NOSSAS VIDAS, POIS TAL AÇÃO SERIA COMO "CHOVER NO MOLHADO"...

APENAS FAREI USO DESTE ESPAÇO PARA INSERIR DUAS MENSAGENS PARA SEREM LIDAS E REFLETIDAS PELOS HOMENS:


"A NATUREZA CRIOU O TAPETE SEM FIM QUE RECOBRE A SUPERFÍCIE DA TERRA. DENTRO DA PELAGEM DESSE TAPETE VIVEM TODOS OS ANIMAIS RESPEITOSAMENTE. NENHUM O ESTRAGA, NENHUM O RÓI, EXCETO O HOMEM".

MONTEIRO LOBATO


"ANIMAIS SÃO ANJOS DISFARÇADOS, ENVIADOS À TERRA POR DEUS PARA MOSTRAR AO HOMEM O QUE É A FIDELIDADE".

ARTUR DA TÁVOLA


RUI FERNANDES MORGADO
SANTO ANDRÉ-SÃO PAULO-BRASIL
EMAIL- ruifmorgado@hotmail.com

Anónimo

9.5.09

ola a todos.
Sou espirita desde infancia e vegetariana a um ano e lendo passagens de Kardec(a base)acerca desse tema, algo me pareceu incoerente e me deixou bastante balançada com a doutrina...
foi o fato de no livro dos espiritas estar explicitamente escritio q animais nao evolurm como os homens e q sempre permanecerao em um estado inferior com uma inteligencia resumida aos deveres q estes teriam de servir aos homens...
Isso me soa como injusto jah q alguns seres (nós) teriamos direito de evoluirmos e os animais naum...ou apenas teriam sido criados para nos servir..Isso naum me parec justo!
nao somoos todos criados simples e ignorantes?
ou sera q os homens tem mais proivilegios??
estou tao confusa quanto a isso q espero resposta urgente!!!!
obrigada a todos

Anónimo

9.5.09

Ola,sou espirita desde criança, mas uma questao me deixou muito entristecida e balançada com a doutrina…
Sou vegetariana ha um ano e lendo arespeito nas obras de Kardec, que sao a base, li no livro dos mediuns, pag. 313, capt 22 “Da Mediunidade nos Animais” encontrei o seguinte texto q julguei incoerente:

“Deste progrdir constante, invencível, irrecusável, do Espírito humano e desse estacionamento indefinido das outras especies animais, haveis de concluir comigo que, se é certo que existem princípios comuns a tudoo que vive e se move na Terra: o sopro e a matéria, não menos certo é que somente vós, espíritos encarnados, estais submetidos a inevitável lei do progresso,que vos impele para diante e fatalmente para diante. Deus colocou ps animais ao vosso lado como auxiliares, para vos alimentarem, para vos vestirem, para vos secundarem. Deu-lhes uma certa dose de inteligencia, porque, para vos ajudarem precisavam compreender, porem lhes outorgou inteligencia apenas proporcionada aos serviços que sao chamados a prestar. Mas, em sua sabedoria, não quis que estivessem sujeitos a mesma lei do progresso. Tais como foram criadosse conservaram e se conservarao ate a extinçao de suas raças. (…)” - Erasto, Livro dos médiuns

Ou seja Kardec publicando tais comentarios acabou por confundir essa questao dos animais jah que o descrito acima me parec injusto e não coerênte com a justiça Divina.
Por favor eu peço uma elucidaçao urgente jah q me encontro em periodos turbiulentos com a doutrina devido a essa questao animal.

Desde jah agradeço, Joviana

Anónimo

10.5.09

Não acredito em nenhuma religião ou seita ou doutrina que venha dizer que um ser humano está em evolução e que nossos irmãos menores não tenha evolução, só se for pelo fato de que um animal (dito irracional pelo homem)não dar o DÍZIMO", ou não pode ajudar com o sopão das casas espíritas e seus bazares, e nem lavar o chão das igrejas com os irmãos de fé, não é mesmo! Como posso acreditar numa "filosofia" que pede para que amemos o próximo se não é feito nenhum relato mediúnico de conforto para nós que amamos a natureza. Pelo menos gostaria de saber em que estado se encontram meus "anjinhos" desencarnados e isso nenhuma psicografia pode me responder!
Pensem nisso....

Rute Meire (espíritualista, porém ecumênica))

Francisco

10.5.09

Olá Joviana,

Não sei se este post ajuda a esclarecer:

http://blog-espiritismo.blogspot.com/2007/08/os-animais-tm-alma.html

Abraço.

Francisco

10.5.09

Olá Rute,

Peço desculpa, mas o seu comentário não "encaixa" no espiritismo!

Não existe nada me me leve a pensar que os animais não evoluam (muito pelo contrario).

Sugiro que tente ler alguma obra da Dr.ª Irvênia Prada, investigadora nessa área.

Quanto a psicografias por encomenda... é coisa que não existe...

Abraço.
Francisco

António Luís

10.5.09

Olá Joviana.

No excerto que nos trás está bem claro que os animais são nossos auxiliares, nossos amigos, que estão ao nosso lado para nos fazerem progredir. Assim é, e não teremos quaisquer dúvidas sobre isso.
Erasto traça a diferença entre o Homem e o Animal. Este último tambem evolui, claro, mas a sua evolução é forçada e lenta. Mas o que ele disse foi que o cão será sempre cão, e aí por diante. Enquanto que o homem, devido à sua inteligência, vai evoluindo, vai-se aprumando.

Não podemos deixar de concluir que estamos a falar do Planeta Terra, onde o Homem ainda confunde o animal (e tambem o proprio Homem) e vai abusando desses comparsas.
Mundo haverão que os animais não mais estarão destinados à ira do Homem.

Abraço

Anónimo

10.5.09

Ola Anônio!
Muito obrigada por me responder, já enviei varios posts para muitos blogs e ninguém me havia respondido antes.
Eu entendi o q vc quis dizer, mas Erasto diz claramente q os animais não estao sujeitos a lei do progressoe, se não estao sujeitos a lei do progresso, ano podem evoluir e tornar-se homens um dia.... Isso eh q esta confus pra mim....
Estou passando por dias sombrios jah q sempre estudei com muito amor a doutrina e agora q estou me aprofundando nessa questao encontro cada vez mais contradiçoes no que tange os animais.....
Tambem peguei um numero da revista espirita em que Kardec conversa com um espirito q supostamente seria de Júpter e veja o q ele diz:

“51. Foi-nos dito que os animais são os servidores e operários que executam os trabalhos
materiais, construindo as casas, etc.; isso é verdade? - R. Sim; o homem não se rebaixa mais
servindo seu semelhante.”

“53. Os animais servidores, ali, estão num estado de escravidão ou de liberdade; são uma
propriedade, ou podem mudar de senhor à vontade? - R. Estão no estado de submissão.”

Tudo parec muito estranho e me deixou mais confusa!
nossa, essa questao me deixa muito balançada com a doutrina jah q parte do proprio Kardec…
Por isso estou procurando esclarecimentos, desde jah agradeço, Joviana

“54. Os animais trabalhadores recebem uma remuneração qualquer por seus esforços? - R.
Não.”

Tudo isso tem medeixado extremamente confusa!
Obrigada por me ouvirem, Joviana

Anónimo

10.5.09

Tenho que discordar,pois, pra mim foi bem claro o que ele disse: "Mas,[Deus] em sua sabedoria, não quis que estivessem sujeitos a mesma lei do progresso". o problema eh a incoerencia, uma vez que na revista espirita de marco de 1860 o espirito de vignal eh evocado, e esse diz que sim, os animais evoluem...esse tambem eh o meu dilema...
abracos, naum espero respostas uma vez que esta na base.
desculpem se pareci "revoltado" mas eh, em parte como me sinto.
Yuri Amaral (vegetariano, e quase um ex-espirita.)

António Luís

11.5.09

Parece-me que o que se passa é uma questão de interpretação do que disse Erasto.
Ele disse "(...)não quis que estivessem
sujeitos à mesma lei do progresso."
Reparem, ele fala em MESMA lei do progresso. Não diz que os animais não estão sujeitos à evolução. Isso, a não ser um erro do Erasto, seria supor que Deus havia criado algo e negado, logo à partida, o direito de evoluir. Isso não seria de um Deus justo.

Quanto à extinção dos animais, não vejo qualquer dissonância com o que está escrito na Doutrina Espírita. Os dinossauros por exemplo, não foram extintos da Terra? O planeta deixou de ter condições de habitabilidade para eles, então tiveram de ir para outros mundos onde, sim, condições fossem favoráveis.

Abraço

Anónimo

11.5.09

Obrigada por seu post Francisco e por tentar me esclarecer.
Entrei na pagina q vc me falo, eh muito boa mesmo, mas ainda persistem as duvidas q expus antes do Yuri, Quanto a lei do progresso nao se aplicar a animais e a "entrevista" de Kardec com o espirito de Jupter....
Mas obrigada pela atençao,
Joviana

Anónimo

11.5.09

Obrigada Antonio!!
Realmente suas palavras fazem sentido.
É realmente bom poder dividir dúvidas e obrigada por me responder.
Me desculpe se estou sendo impertinente mas ainda me permanecem algumas duvidas: Não compreendo as palavras do espírito jupteriano em relaçao aos animais. Como ele expos, me parece que os animais realmente existem para serem servos e da forma com que ele fala naum me parece em nada com um espirito mais evoluido.
Ele fala sobre os humanos nao se rebaixarem mais a fazer as tarefas e 'n' coisas (veja meu exposto acima com as frases na integra, antes do post do Yuri)
Isso me pareceu bem estranho e contraditorio ...
Mais uma vez obrigada or sua atençao em responder meus posts Antonio,
Abraços, Joviana

Anónimo

12.5.09

eh!! parece coerente antonio luis!!!
entretanto por ter escrito de forma que desse tanto erro de interpretacao, por mt tempo teremos espiritas legitimando seu direito de comer carne através dessa interpretação...infelizmente!! o pior cego eh aquele q naum qr ver neh??
entao vejamos se eu intendi, qnt às questoes do LE, podemos refutar alegando adequacao à realidade da epoca, embora o espirito que respondeu pudesse ter sido mais claro e explicado isso; qnt ao LM, foi isso q vc escreveu, quanto ao q a joviana expos, sinceramente esse espirito me parece um fanfarrao, dando respostas super mal educadas!! vc sabe se as comunicacoes da RE passava pelo CUEE?, alias, eu sinceramente naum intendo muito bem essa instituicao,se vc puder me explicar!!ela foi proposta por kardec?
obrigado por me esclarecer antonio luis!!
abraco!!
Yuri Amaral Barbosa

António Luís

13.5.09

Yuri,
Na introdução do ESE fala do CUEE. Allan Kardec interrogou mais de 1.000 grupos mediunicos em todo o mundo, com o objectivo de apurar a verdade, passando todas as respostas obtidas pelo crivo da razão. Assim Kardec deixou bem claro que o ensino dado pelos espíritos é universal, uma vez que é dado através de médiuns vários de todos os países, e não pertença a alguem em particular.

Abraço

Renato

14.9.09

Entendo que além dos tempos que eram outros e por isso devemos filtrar e não aceitar qualquer julgamento e posição, a dificuldade do ser humano em abdicar da carne como alimento o leva a crença de que os animais não tenham alma ou não evoluam como os humanos. Assim é mais fácil esquecer que também somos animais vorazes, só que com uma inteligência supostamente mais desenvolvida. Na verdade é fácil perceber como os livros de KArdec ainda trazem muitas falhas e influencia da culpa católica entre outras contradições. Não podemos querer levar tudo que encontramos no espiritismo como verdade suprema. As psicografias e outras formas de comunicação dos espiritos usam os encarnados como instrumentos e portanto são passíveis de influência de nossas mentes. Acima de tudo que lemos, precisamos ouvir a voz interna que há dentro de todos nós. Acredito que um dos segredos de Deus é que ao mesmo tempo que somos milhões de espécies espalhados por todo o universo também somos um só ser e isto é deus. Um organismo vive dentro de outro e algumas pessoas chegam a sentir isso com a meditação, a unidade do universo que fazemos parte. Isso é deus. O tudo, o uno. Se paramos pra pensar no mundo de vida que há dentro de nosso corpo, fica evidente esta teoria. Acredito que a energia de qualquer elemento apenas se transforma pois tudo faz parte da mesma energia suprema que é deus.

Anónimo

30.9.09

Concordo com o amigo que respondeu acima. Somos todos parte um só mundo, um uno e assim como os peixes são da espécie "peixes", os cães são da espécie "cães" e nós humanos, somos da espécie "humanos". Também fazemos parte da grande teia alimentar. Jesus Cristo serviu carneiro aos seus discípulos para comemorar a Páscoa, serviu peixe e vinho. Portanto, sim... existem animais que servem aos homens como alimentos e outros animais servem como companhia ou como meio de transporte ou como matéria prima para a indústria têxtil, assim como os peixes menores servem de alimentos aos tubarões. Os cervos servem de alimentos à leões. Isso não é nada de monstruoso, é parte da vida...é necessário à manutenção de todas as espécies. Monstruoso acredito que é substituir uma criança por um cachorro. Gastar milhares de reais com festas de aniversário para o cachorrinho da madame enquanto milhões de crianças não tem nem idéia do q é um bolo de aniversário. Existem cachorros que comem uma ração que equivale ao quilo de picanha, filé mignon, salmão. Isso é correto? Não sou contra aos bons tratos aos animais, pelo contrário, tenho 3 em casa, mas se tivesse condições de alimentar um cão com uma ração que custasse 20R$ o quilo, com certeza daria uma ração mais barata ao cão e o restante sustentaria uma criança, afinal um cão pode sobreviver sem uma mãe ou alguém responsável, já uma criança não.

Thaisa

6.3.10

QUanto as essas dúvidas sobre a espiritualidade dos animais, eu gostaria de recomendar a leitura dos livros do Dr. Marcel Benedeti...são livros de fácil entendimento, que explicam muito bem sobre essas questões que por muitas vezes nos deixam varias dúvidas mesmo...Lendo o livro dos espíritos tb não compreendia muitas coisas, mas li todas as obras do dr Marcel sobre os anumais e consegui compreender sobre esse tema muitas vezes gerador de conflito de opiniões.
Dentre os livros que eu li do dr Marcel, recomendo os 3 primeiros : Os animais merecem o céu; Nossos irmãos animais e Errar é humano, perdoar é canino. Creio que assim como me ajudou bastante, irá tirar a dúvida dos irmãos tb.

***sonia***só por Deus

28.4.10

sonia.
olha eu só posso dizer que meus animais são para mim o amor mais puro que ja senti,hoje estou sofrendo porque perdi meu tesourinho,é uma dor insuportavel,entao procuro aprender com eles a ser fiel com minha familia com meus amigos e com quem passar em minha vida .
eles são uma dadiva de Deus ,o maior presente que recebi por DEUS esse carinho que sinto pelos animais.abraços

margareth Krause

17.5.10

Obrigada por suas palavras confortadoras. A uma semana encontrei um cãozinho ainda muito filhotinho e debilitado. Tratei dele com todo o carinho e cuidados veterinários, mas infelizmente ontem ele partiu. Sei q o tempo q ficamos juntos foi curto, mas eu o amei e sua morte me arrasou. Não sou ainda espírita, mas cada vez mais percebo a afinidade dos meus pensamentos com esta doutrina e acho q esta experiência foi a gota dágua para eu buscar o conhecimento no espiritismo. Obrigada!

karminha

23.7.10

A especie animal não evolui, o que evolui é a alma que habita um corpo animal. Um dia o cachorro passará da espécie animal para a espécie humana...leia A caminho da luz, de Emmanuel

Fátima

28.8.10

"...afinal um cão pode sobreviver sem uma mãe ou alguém responsável..." com todo respeito a sua opinião, acredito que nesse mundo não, um animal não consegue sobreviver sem amparo de alguém que o ame, pois na rua ele é chutado, amarrado em carro e arrastado até a morte, estuprado, agredido, passa frio, fome, fica doente. Acredito que todos nós sem exceção merecemos amparo, merecemos ser acolhidos e merecemos muito amor.

BIANCA

28.12.10

BOM,EU NÃO SOU UMA RELIGIOSA, MAS ONTEN PERDI O MEU CAOZINHO QUE EU AMAVA MUITO, ELE ERA O MEU COMPANHEIRÃO, CHEGOU COMO QUE UM FILHO, QUE EU E MEU MARIDO NÃO TEMOS, E ENCHEU A CASA DE ALEGRIAS, E SEM MAIS NEM MENOS, FICOU DOENTE NO DIA DO NATAL, E NÃO CONSEGUIMOS SALVA-LO,NÃO SEI O PORQUE MAS TEM QUE TER UMA EXPLICAÇÃO, ELE NOS DEIXOU COM O CORAÇÃO PARTIDO E A CASA VAZIA, SÓ POR DEUS(SE É QUE ELE EXISTE)É QUE SE DA PARA EXPLICAR UMA COISA DESSAS, DE UMA HORA PRA OUTRA, A NOSSA ALEGRIA FOI EMBORA JUNTO COM O KING E ESTA SENDO MUITO. MUITO, MUITO, DIFICIL, NÃO TER ELE MAIS CHORANDO DEMANHA PRA EU ACORDAR E CORRER COM ELE PELA CASA!!!!!!!! PORISSO EU NÃO ENTENDO ESSA GENTE QUE MALTRATA ANIMAIS, ELES NÃO PODEN TER CORAÇÃO, ACREDITO, QUE SE A ESPECIE ANIMAL NÃO EVOLUI,ELA NOS AJUDA E MUITO NA NOSSA EVOLUÇÃO, É COMO QUE SE FOSSE UM TESTE......

André

29.12.10

Olá Bianca,

Agradecemos o seu depoimento emocionante.

O King não morreu, tal como nós, humanos, não morremos. Ele continuará a evoluir, tomando sucessivas vestimentas carnais. Pode reencarnar e voltar até ao vosso convívio; ou pode continuar uma larga temporada a acompanhar-vos, sem um corpo carnal.

Abraço amigo,

AA

Cecil

16.4.11

O texto é excelente, mas acho errado nos referirmos aos animais não humanos como "menores" ou "inferiores". Eles são inferiores em algumas capacidades que somente os humanos têm, mas são superiores em outras. Meus gatos são muito mais alertas do que eu, tẽm reflexos muito rápidos, corpos flexíveis e esguios, atitudes relaxadas e pacíficas, uma elegância ímpar. Eu não me comparo a eles. Acho que está na hora de corrigirmos nossa atitude com relação aos animais, nosso tratamento. Tampouco eles são irracionais: não se expressam em linguagem verbal, mas tudo o que fazem possui uma razão, uma lógica, uma necessidade. Nós é que com frequência fazemos coisas incompreensíveis e desnecessárias.
Um abraço.

Cecil

16.4.11

Ao Anônimo: não é porque Jesus se serviu de carneiro e serviu peixe que isso então significa que os animais devem "servir" ao homem como alimento ou meio de transporte. Jesus era um homem de carne e osso, portanto pode ter se enganado. O velho hábito de as pessoas colocarem a responsabilidade de seus atos e consciẽncias sobre os mitos. Se está nas Escrituras, então posso fazer a besteira que eu quiser, pois "Deus permite", Vão se catar. Os animais vivem por suas próprias razões, não para servir a ninguém. Nesse ponto o Budismo da 10 a 0 em qualquer filosofia ocidental.

André

18.4.11

Olá Cecil,

Realmente o seu ponto de vista é pertinente.

Abraço,

AA

Sonia Grisolia

16.8.11

Minha Dalila se foi no dia 13/08/2011, há 2 dias e meu coração está partido. Entre as inúmeras lições de amor que ela me deu, uma se destaca e mudou a minha vida; o amor por todos os seres vivos. Eu evoluí por causa dela. Não sou versada em espiritismo, mas bom senso também é um excelente guia. Os animais sofrem, a ciência comprova. Não é lógico que maltratar os animais esteja de acordo com a lei divina. Também não é lógico que Deus tenha criado escravos. Na lei do amor não existe lugar para escravos.
Mas é lógico supor que os animais são almas crianças e a nós cabe guia-los para o despertar da consciência. Se esse despertar for suave, talvez este espírito evolua mais rápido. Se for um despertar violento, é lógico imaginar que esta alma poderá ter mais dificuldades em entender as leis do amor.
Tal quais os filhos que são criados com amor e tem mais facilidade para criar seus próprios filhos com amor. Ou os filhos da violência que, por sua vez, tendem a repetir a violência mais tarde.
Só posso pensar que os espíritas que falaram sobre a escravidão animal, falavam para as mentes daquela época.
A humanidade evoluiu - até parece que não muitas vezes - mas evoluimos sim. Prova disso é a nova consciência que temos com relação aos animais.
abs
Sonia Grisolia

Fátima

16.8.11

Sônia,

Concordo totalmente com as suas palavras e entendo o seu sofrimento.
Com certeza melhoramos muito, mas temos muito a melhorar ainda.
Mas vamos chegar lá.

Abraços, FORÇA e beijos no coração....

André

19.8.11

Olá Sónia (e restantes amigos),

Uno-me a si neste momento de saudade. A Doutrina Espírita dá-nos, contudo a Esperança, e sabemos todos que as separações de quem gostamos são temporárias - trate-se de pessoas ou de animais.

Sendo eu naturalmente um crente em Deus, é claro que o bom senso (citando-a na sua feliz expressão), sempre me disse que a vida dos animais não é em vão.

O Espiritismo não é pela escravidão dos animais, fique bem claro. O que o Espiritismo diz é que no estado actual da Humanidade terrena, ainda é necessária a colaboração entre homens e animais, e em muitos casos o sacrifício de animais para a susbsistência humana, pois o Homem tem sido um predador natural ao longo de milénios.

O Homem alimentar-se de animais, é provável que seja um costume que venha a perder-se. Mas a colaboração entre homens e animais tem aspectos bem interessantes - veja-se o caso dos nossos animais de companhia, e dos que ajudam pastores, polícias, cegos, socorristas, etc..

Abraços,

AA

Anónimo

10.10.11

Amo os animais e não tenho nenhuma simpatia por quem os maltrata.
Embora eu tenha um bom conhecimento do espiritismo,e sei que tudo faz parte de uma evolução,pessoas crueis com os animais deveriam passar anos e anos sofrendo,tanto faz aqui na terra como em outro plano.

joseli

raquel

1.11.11

raquel
1º/11/2011
concordo com alguns comentários que disseram ser posturas de cada epoca o modo como interpretam-se as coisas; talvez antigamente o ser humano sentisse necessidade da alimentação carnívora, o que não condiz com a atualidade, pois já é um traço de evolução dizermos: sou vegetariano. Por que? Talvez por amor, por compreensão maior das finalidades do homem em Deus. Mas como para a Terra migraram muitos seres diferentes entre sí, como é citado no próprio ESE de Kardec, somos espiritos endividados com a Lei de Deus, portadores de saude espiritual parcial.Mas se quisermos essa saude, teremos que nos alimentar de Amor, portanto os animaizinhos que aqui estão para encaminharmos, faze-los nossos alunos, creio que não servem para ser devorados. A epoca é de mudança total de hábitos.

Anónimo

13.12.11

Eu penso que os animais evoluem de forma diferente da humana sim, apesar de não entender porque alguns animais parecem mais humanos do que muitos homens que hoje se encontram na terra. Então acredito que assim como Deus criou toda natureza com suas características espirituais próprias, assim também o fez com os animais. Para tudo existe um propósito e quando analisamos os animais em seu estado selvagem em relação aos já domesticados vemos uma diferenciação que para mim por si só já pode ser considerada uma evolução espiritual...Você não poderá criar serpentes achando que lhes serão amigas ao contrário de um cão que pode dar a própria vida para te salvar; isso não é diferença evolutiva então? Assim como existem pessoas mais e menos evoluidas, assim também se dá no reino animal. Acredito em diferenciação natural pois para Deus cada ser é único em espírito; logo voltando ao exemplo do cão, este foi criado por Deus com vários propósitos: o de demonstrar a resignação, a amizade incondicional, a alegria, a simplicidade dentre tantas outras coisas que muitos de nós humanos ainda não aprendemos... já uma onça foi criada com outro propósito natural que não o mesmo de um cão, mas como analisar a evolução animal igualmente à humana? Assim como os seres humanos não são todos iguais, também os animais não são e não acho que o Homem deva se achar superior por isso, ao contrário, quanto mais evoluido é o ser, maior a responsabilidade espiritual que ele carrega, afinal ser diferente não significa ser melhor ou mais evoluido perante Deus, significa estar apenas em linhas de criação diferentes.

Simone

13.1.12

Me Chamo Simone... bom eu sou da Umabanda e tambem frequentadora da mesa branca kardecista, fiz durante um ano e meio um curso de mediunidade onde o palestrante falava sobre a evolução dos animais e a importancia de nao comermos carne primeiro em respeito aos animais e seu sofrimento e em segundo nosso organimso e corpo nao foram feitos para se comer carne, pois na carne as tais proteinas que comemos nosso organismo gasta o dobro para digerir e outra, acredito realmente que a carne nos faz mal e nao o bem a saude, porque faz mal aos animais que sofrem os horrores do abate e penam confinados e pra quem tem dúvidas ? assista ao video gratuito: A Carne é fraca do instituto Nina Rosa ! Ë questao de informaçao ! Agora eu concordei em pleno com o plestrante do curso em que os animais tem sim sua evoluçao e faz parte do alma grupo que no final do estagio da evoluçao se intercala com a evoluçao do homem... penso eu que se é assim os animais tem sua inteligencia, tem sentimentos e merecem todo nosso respeito pois ao contrario que muitos fanáticos baseados na "biblia"que o animal é para nos servir como alimento ou a bel prazer é pura ignorancia de mentes que irão levar seculos para evoluir e chegar ao bom senso que os animais sao nossos irmaos menores e que precisam de nossa proteçao e respeito ! Não sao nossos escravos e me sinto um lixo quando leio noticias de maus tratos e torturas desses irmaozinhos e nada posso fazer ! E eu particularmente acredito que o Evangelio segundo o espiritismo é o mais atual que existe para se viver e termos base numa ligaçao com Deus pois a Biblia nao é pra qualquer um ler já que passou pela mao do homem pode-se muito bem ter sido alterada a verdadeira mensagem e só serviu aos tempos antigos onde havia necessidade de "regras" na linguagem daquele tempo . Obrigada.

Anónimo

13.1.12

A pessoa que redigiu este texto precisa de muita leitura e estudos, só corrigindo uma triste afirmação do (a) autor (a): A Doutrina Espírita é uma tríade, Religião, Ciência e Filosofia. É religião por ser o Cristianismo redivivo!
E Joviana, que lástima este seu comentário! As Obras Básicas da Doutrina Espírita são leis divinas ditadas pelos espíritos, a Bíblia foi feita pra ser interpretada, as Obras Básicas não, elas já foram interpretadas pelos espíritos é só seguir ao pé da letra. Já foi mastigado é só engolir! Tudo o que o nobre espírito Erasto nos legou em seus textos é a mais pura verdade e não há em nada injustiça alguma.
Atentamente,
Amon Amarth.

André

14.1.12

Olá Amon Amarth,

De facto preciso de muito estudo, mas reli o texto e não descortinei nada de errado. Se tiver a amabilidade de explicar onde errei, poderei corrigir-me.

Acerca da sua definição de Espiritismo, esta é a da corrente Roustainguitista da FEB e de outras correntes catolicizantes, mas não é a de Allan Kardec. Procure aqui no Blog de Espiritismo, sff, pois temos abordado exaustivamente o assunto.

Abraço fraterno,

O autor do texto.

André

14.1.12

Olá Simone,

Não há nada na Doutrina Espírita/Espiritismo que seja explicitamente contrária ao consumo de carne. A opinião da pessoa que refere é respeitável, e porventura o futuro será a abstinência de carne de animais. Por enquanto há quem não consiga sobreviver sem a consumir, o que é igualmente respeitável.

Abraço,

AA

Juliane Bielak

22.8.12

Agora vou contar uma coisa séria, é uma historia minha, eu tinha um cachorro, ele estava comigo desde meus nove anos. Ele era enorme e lindo e querido, ele nos entendia, eu o via como parte da família. Inúmeras vezes, quando estava triste ele vinha perto de mim, parecia que ele queria me acalmar, e a presença dele realmente me acalmava, da vez que levei meu namorado lá em casa, me lembro da reação dele, ele ficou olhando, ele entendia o que estava acontecendo, mas pareceu que ele tava pensando que eu cresci, ele era como um irmão para mim. Eu o amava demais.
Há alguns anos ele pegou cancêr no testículo, o veterinario disse que precisaria castrar ele, quando eu falei para meu pai, ele nao aceitou, disse que meu cachorro nao iria querer ser castrado, que ele certamente preferiria a morte, mas eu via nos olhos dele que ele não prefiria não. Depois de algum tempo o cancer foi se propagando e nós não haviamos tomado atitude nenhuma, nesse tempo ele teve uma queda muito feia e quebrou uma pata foi ai que meu pai decidiu que mataria me amigo, ele nao me falou dos planos dele, mas eu sabia que ele faria isso, e fez, quando eu comecei a ter essas suspeitas eu falei pro Jhango que eu protegeria ele, mas eu não consegui. Meu Deus, meu pai matou meu melhor amigo, isso ja faz um ano, mas eu nao consigo superar, os sentimentos lutam dentro de mim e é horrivel, eu não durmo direito a noite,eu choro, oro, mas nada tira de mim o sentimento de culpa por nao ter protegido ele. Tem momentos que eu sinto tanta raiva do meu pai, eu sinto como se ele tivesse matado uma pessoa da familia, uma pessoa que confiava nele e em mim. Mas o que eu devo fazer? Não posso odiar meu pai, tenho que perdoa-lo. Mas dói demais. Todas as noites eu me pergunto se meu cachorro me perdoaria.

Vegana espírita

3.12.12

Não existe amor por animais fora do Veganismo. E não existe morte desnecessária, se proteína, cálcio e teste de produtos possuem alternativas, comer carne, ovos, tomar leite e comprar produtos testados é uma maldade sem limite. Eu amo e resgato.
Vim aqui porque uma de meus seis animais de rua e adultos, morreu. Que Deus cuide dela. Está sendo horrível.

Fernanda Gomes

11.12.12

acordei as 04:00 horas da madrugada de hoje com TODOS os cachorros da minha rua uivando descontroladamente, o que me intrigou foi que começaram a uivar os cachorros das casas do inicio da rua e em seguida os cachorros das casas seguintes começaram também até o fim da rua e depois pararam e ficou tudo em silêncio, foi como se algo estivesse passando pela rua e depois tivesse sumido.

André

19.12.12

OLÁ FERNANDA,

OS ANIMAIS TÊM PERCEPÇÕES MEDIÚNICAS, MAS NADA NOS GARANTE QUE TENHA SIDO O CASO. OU QUE NÃO TENHA SIDO...

ABRAÇO,

AA

Anónimo

15.4.13

Como espírita, penso que falta ainda para a nossa doutrina respeitar os animais e não comê-los. SOu fã do CHico Xavier, mas penso que ele errou quando disse que iria continuar comendo carne. Acho que é impossível evoluir como ser humano comendo qualquer ser.

Angel

20.4.14

Cada comentário que leio me deixa mais confusa.
Tenho um grande amor pelos animais. Hoje perdi uma gatinha e a dor é grande.
Acredito em um Deus bondoso e grandioso. Sei que há um lugar especial para os nossos amiguinhos.
Acredito que existe um laço de amor entre nós, de ternura, que também é um ato de caridade.
Não li nenhum dos livros citados, não conheço muito da doutrina, o que sei é que devemos procurar amar ao próximo, praticar a caridade e a bondade
para com todos os seres. Somos todos semelhantes, todos irmãos.
Assim como ajudamos um animal que sofre, eles também nos ajudam através do seu amor incondicional, fidelidade e carinho.
As pessoas precisam parar de se achar superior aos animais.
TODOS, SEM EXCEÇÃO, VIEMOS AQUI PARA EVOLUIR!
Tanto nós, quanto eles (os animais).
Então pessoal, vamos ajudar os necessitados, humanos ou animais.
Vamos orar para que a dor de quem perdeu alguém que ama aqui na Terra cesse.
Vamos pedir proteção, sabedoria e paciência para as mudanças do nosso planeta.
Vamos pedir misericórdia ao Senhor, por todas as atrocidades cometidas por nós seres humanos "pensantes", conhecedores das maldades e ciladas do mundo.
Lembrando que aqui se faz, se paga. A justiça de Deus chega. Quem maltrata seres inocentes só atrasam sua evolução.

Essa é minha opinião. Quem discordar pode comentar, mas por favor, educadamente.
Alguns comentários parecem mais brigas.
Estamos aqui para expressar nossas opiniões embasadas em algo ou não... mas com respeito!

Tiago

1.10.14

Entendo o que esta escrito com "a mesma lei do progresso" destacando a palavra 'mesma'. Sim à lei do progresso tlv muitos estejam, mas talvez de forma menos intensa do que aos homens.

Enviar um comentário