Spiga

Os animais têm alma?

Todos sabemos que nos assemelhamos a muitos animais no funcionamento do corpo físico, mas intelectualmente já não é bem assim... no entanto os animais são dotados de inteligência.


E isso quer dizer o quê? Têm ou não alma?


Vamos espreitar O Livro dos Espíritos:

“597. Pois se os animais têm uma inteligência que lhes dá uma certa liberdade de acção, há neles um princípio independente da matéria?

— Sim, e que sobrevive ao corpo.

597-a. Esse princípio é uma alma semelhante à do homem?

— É também uma alma, se o quiserdes; isso depende do sentido em que se tome a palavra; mas é inferior à do homem. Há, entre a alma dos animais e a do homem, tanta distância quanto entre a alma do homem e Deus.

598. A alma dos animais conserva após a morte sua individualidade e a consciência de si mesma?

— Sua individualidade sim, mas não a consciência de si mesma. A vida inteligente permanece em estado latente.

599. A alma dos animais pode escolher a espécie em que prefira encarnar-se?

— Não; ela não tem o livre-arbítrio.

600. A alma do animal, sobrevivendo ao corpo fica num estado errante como a do homem após a morte?

— Fica numa espécie de erraticidade, pois não está unida a um corpo. Mas não é um Espírito errante. O Espírito errante é um ser que pensa e age por sua livre vontade; o dos animais não tem a mesma faculdade. É a consciência de si mesmo que constitui o atributo principal do Espírito.”

Vemos então que os animais têm um princípio inteligente que sobrevive após a morte embora não tenha consciência de si mesmo, e que a distância entre a alma dos animais e dos homens é enorme.

Neste ponto existem duas teorias:

Uma defende que esse princípio inteligente reencarna sempre enquanto animal, mantendo-se assim por toda a eternidade.

Outra defende que esse princípio inteligente vai evoluindo ao longo de milhões de anos até que chegará ao estado hominídeo, começando então a ganhar consciência de si próprio e dando os primeiros passos no grau de evolução onde nos encontramos.

A primeira teoria merece todo o nosso respeito, bem como as pessoas que a defendem, no entanto para nós não faz sentido que Deus tenha criado seres inferiores para permanecerem nessa situação eternamente, essa possibilidade não condiz com o conceito de Deus infinitamente justo, mais, no ultimo paragrafo da resposta 540 de O Livro dos Espíritos pode ler-se uma passagem que parece apontar nesse sentido:

“(…) tudo se encadeia na Natureza, desde o átomo primitivo até o arcanjo, que também começou por ser átomo. Admirável lei de harmonia, que o vosso acanhado espírito ainda não pode apreender em seu conjunto!”


Ainda somos muito pequeninos não é?


Voltando à questão inicial, os animais têm alma? Como podemos verificar pelos ensinamentos dos espíritos superiores, ao princípio inteligente dos animais falta ainda a centelha divina que dá a consciência de si próprio, também a capacidade intelectual e moral, mas penso que tal como é dito na resposta à questão 597-a já se poderá chamar de "alma", ainda numa fase muito primitiva é certo, ainda sem livre-arbítrio e consciência, sem capacidade de entender o que é moralmente correcto ou não, mas em evolução.


Para finalizar e já que o post fala em animais, nunca é demais relembrar que os animais têm direitos e nós como seres mais evoluídos temos o dever/responsabilidade de os tratar bem e com toda a dignidade que eles merecem!

Partilhe este artigo:

52 comentários:

Moon Fairy

25.8.07

este blog tem um certificado no meu blog porque voces merecem por me terem ajudado.

Anónimo

25.5.09

Saudações brasileiras aos espíritas de Portugal!

Na literatura espírita brasileira há farto material sobre o assunto.
A presença de animais nos planos espirituais e colônias é amplamente relatada, mormente com finalidade terapêutica, auxiliando na recuperação de espíritos desencarnados em educandários e hospitais.
Note a semelhança com a pet terapia que temos aqui na crosta, onde animais têm ajudado crianças e adultos deprimidos e severamente doentes em hospitais. Os resultados deste tratamento são provados cientificamente.
Os animais são animados pela mesma centelha divina que habita em nós, ainda que de forma mais primitiva e imperfeita. Portanto, merecem todo o nosso carinho e respeito.
Olhe profundamente nos olhos do seu animal de estimação e ali verá o amor incondicional. Quando faço isto, tenho a certeza de qua ali habita o princípio inteligente.
Que a paz seja convosco!

Anónimo

16.7.09

Desculpe discordar, mas é dificil entender tal interpretação pois acredito ser uma contradição a grosso modo com o que Deus prega. Acredito ser um grande erro se julgar os seres humanos superiores, afinal os conflitos que nos atingem constantemente de elevação. Afinal não lutamos para ser cada vez mais proximos do senhor, abdicando cada vez mais da matéria, sendo solidários, não influenciando também negativamente nossos irmãos? Alguem ja conseguiu se despir do orgulho e perceber que na verdade aos olhos desses principios a maioria das espécies animais estão muito a frente de nós. Um lobo por exemplo vive em defesa de sua família e epécie mata por necessidade como nós (quem não mata, paga para matar indiretamente) mas até onde se sabe não é regido por sentimentos como o ciúme, os preguioçosos sucumbem. De uma forma mais proxima do entendimento, um cavalo por exemplo na interação com o ser humano que é tão antiga que mal se conhece, vive para servir o ser humano, e com certeza mesmo quando mal tratado perdoa seu carrasco.
Dificil admitir que animais também pensam e também evoluem como é constatado cientificamente atualmente, e ja era na teoria da evolução de Charles Darwin

André

16.7.09

"O rouxinol canta alegra
Pois tem a dama no ninho
Vede como é constante
O amor de um passarinho"

Conhece esta quadrinha, caro Anónimo?

Os animais não têm, ainda, livre-arbítrio, mas têm já o germe do afecto.

abraço amigo,

André

Anónimo

9.9.09

Que comentário bonito, André!

;)

André

9.9.09

"O rouxinol canta alegre
Pois tem a dama no ninho
Vede como é constante
O amor de um passarinho"

É bonito, pois :)
É do velho Borda d'Água

Gratos pelos comentários todos.

MARCIA

14.9.09

O POST ACIMA ESCLARECEU UMA DÚVIDA CRUEL QUE ME PERTUBAVA MUITO.OBRIGADA PELO ESCLARECIMENTO.GOSTO MUITO DOS ANIMAIS EMBORA NÃO ABDIQUEI TOTALMENTE DA CARNE,MAIS DIMINUI MUITO QUASE QUE 100% DESDE QUE ABRACEI A DOUTRINA ESPÍRITA COMO REFERENCIA EM MINHA VIDA.ADORO A LITERATURA,QUE FOI DITADA POR ANDRÉ LUIZ,E FIQUEI MUITO CHOCADA COM UM CAPITULO INTEIRO DEDICADO AOS ANIMAIS.ME SERVIU MUITO PRA REFLEXÃO.PAZ E LUZ A TODOS.

Anónimo

15.9.09

Entrei na web hoje para achar alguma coisa relacionada com o texto acima. Confesso a voces que entrei pela dor, pois infelizmente encontrei o cachorro de minha mãe morto hoje. Esse cahorro foi amado e também digo que amou, pois era amigo inseparavel de minha mãe. Estava muito doente e debilitado.
Minha mãe vez tudo o que podia, levantava varias vezes a noite para saber como o Campeão estava, não importava o horário. As visitas do veterinário eram 3 ou 4 vezes na semana, sempre tentando amenizar os problemas.
Creio que os animais estão aqui para nos ajudar a entender o significado do amor. O Amor que eles nos oferecem é incondicional. Tudo aquilo que assola o homem no campo material é desprezado pelo aminal. Basta apenas ração, agua e carinho para cativar seu coração.
Sou espirita e creio sim que os animais possuem alma.
Como disse anteriormente estão aqui para nos ajudar a entender o amor e nós, para auxilia-los na sua longa jornada rumo a evolução.

Leo

6.1.10

Ridículo...

Anónimo

17.1.10

Boa noite.

Será que os animais também não tem a sua escala evolutiva, assim como nós? Em cada mundo, pois é dito em vários livros espíritas que exitem muitos mundos habitados, mais ou menos evoluídos, existe um ser que é mais evoluído, e no caso do planeta terra somos nós, os humanos, será que em outros mundos não são os animais os seres mais evoluídos, eles é que fazem o papel que nós fazemos aqui? Não podemos ser tão egoístas e admitir o fato de que os animais tem alma e também reecarnam e voluem?

Marbil Rodrigues

15.2.10

Li todos os comentários e achei que está faltando conhecimento sobre o tema. Antes de se criticar como fez alguém apenas escrevendo "ridículo" parece-me que essa pequenina palavra denota a personalidade de alguém que não admite outra opinião senão a sua. É muito triste porque é preciso evoluir. E só se cresce em todos os níveis: intelectual e espiritual, quando se tem conhecimento e sensibilidade. Quem emite uma opinião precisa desenvolver o seu interesse, cuidar de estudar ou ler mais, examinar sem julgamentos pré-determinados as opiniões alheias. Tem de refletir com imparcialidade, até mesmo debater, se possível for, para então se formar uma opinião concisa, pronta também para a reformular caso as evidências aparteadas sejam lógicas, coerentes, racionais e inteligentes. Ninguém é dono da verdade...
Quanto ao tema, sugiro que leiam as obras de Dr.MARCEL BENEDETI que irão esclarecer produndamente as dúvidas,as questões apresentadas. Gostaria muito de comentar algumas colocações feitas mas ficará longo esse comentário...
Melhor é que leiam sobre o assunto...

Francisco

16.2.10

Olá Marbil,

Como compreende nós que escrevemos no Blog de Espiritismo não somos responsáveis pelos comentários que são apresentados, e pelo facto de ficarem visíveis não é sinal que concordemos (isto a propósito do "ridículo" que referiu.

Quanto ao resto, volte, comente e obrigado pelas sugestões

robson

17.2.10

Se as leis da natureza são Divinas e estas são eternas e imutáveis, porque os animais não poderiam evoluir ao longo das reencarnações, tal qual ocorre com as espécies aqui na Terra?

Se todo ser surgiu de um átomo primitivo, será que "escapamos" das leis Divinas e simplesmente nos transformamos em seres humanos do dia para a noite?

Ainda não temos uma visão do "todo", mas isso não excusa o descaso para com os animais. Almejamos o amparo Divino, por intermédio dos mais evoluídos, mas não amparamos sequer nossos semelhantes, quem dera os menos evoluídos!

Enfim, os animais tem alma? Acredito que sim, mas independente disso, são criaturas Divinas a quem devemos todo nosso amor e carinho.

robson

17.2.10

"O Espírito não chega a receber iluminação divina que lhe dá o livre arbítrio e a consciência, sem haver passado pela série divinamente fatal dos seres inferiores, entre os quais se elabora lentamente a obra da sua individualização".
Allan Kardec - A Gênese - cap. VI

Francisco

17.2.10

Na minha opinião é isso Robson :)

Grande abraço.

robson

17.2.10

Francisco,

Perdoe-me se meu comentário pareceu uma crítica, ao reler ele tive esta nítida impressão. Não foi minha intenção, concordo plenamente com as sábias palavras que escreveu e só estava divagando sobre o assunto :)

Aliás, parabéns a você e a todos os autores deste magnífico blog, já está nos meus favoritos!

Abraços,
Robson

Francisco

18.2.10

hehehehehe

Robson... mas eu escrevi que concordo consigo!!

Isto da escrita por vezes cria mal entendidos :)

Mas concordo com o que escreveu sim, não achei critica, e mesmo que fosse critica, isto é um espaço livre e todos prendemos com troca de ideias e "criticas".

Dalton Luis Rubini

11.3.10

Meus amigos, crédulos ou incrédulos, há muito posusimos animais em casa, e os observo.
Dá para concluir muitas coisas: animais idênticos em ambientes diferentes evoluem de forma não idêntica. Percebe-se, com isso, que eles tem a capacidade de evoluir, senão assim não seria;
animais com fama de agressívos, deixam de ser dependendo de seu ambiente de convívio.
Essas e outras situações podem ser observadas independente de credo ou crença.
Eu como espírita, tenho ainda outra observação,lógica talvez,
mas a questão prova que a evolução existe entre os animais (principalmente os domésticos), e como disse, dependendo de seu convívio. Em resumo pensemos assim: se o ambiente é evoluído tudo ao seu redor evolui, os humanos e os animais, e principalmente nossos espíritos.
Afinal, estamos neste mundo para isso, evoluir. E pelo visto, os animais também.
Não esqueçam meus amigos, Deus é bom e justo e nada que Ele faça carece de objetivo, pois existem, podem me crer.
Que Ele os abençoe.

Anónimo

15.4.10

Estou começando a buscar explicações sobre os animais primeiro por minha grande paixão por eles desde criança e pelo interesse em conhecer mais o espiritismo; assim sendo tenho algumas dúvidad=s que gostaria que alguém me respondesse:1) como explicar que Jesus ofereceu peixes e carneiro? 2)o espirita renuncia a carne de boi, carneiro, etc.passando a ser vegetariano então porquê?( ainda ligada a primeira pergunta. 3)estamos nos referindo a todos os animais, ou apenas aos de companhia como gatos, cachorro? pessoal, agradeço desde já o esclarecimento. Aida estou bem "crua" no assunto. Cacau

Pável

16.4.10

Olá Anónimo/a

Darei o meu parecer a respeito das suas dúvidas.

Em primeiro lugar, o Espiritismo não encoraja aos seus adeptos a comer ou deixar de comer qualquer coisa.

"Como explicar que Jesus ofereceu peixes e carneiro?"
Não é o que entra pela boca que nos faz mais ou menos espirituais, é o que sai dela que nos “eleva ou afunda.”

"O espírita renuncia a carne de boi, carneiro, etc., passando a ser vegetariano então, porquê?"
Isso apenas será uma opção de cada um. Pessoalmente como todos os tipos de carnes.

"Estamos nos referindo a todos os animais, ou apenas aos de companhia como gatos, cachorro?"
Trata-se de tratar os animais como seres vivos que fazem parte da criação. Tendo-se em conta que eles sentem dor, por exemplo, não seria muito sensato infringir-lhes maus tratos.

Por uma questão cultural nós não comemos gatos ou cachorros, no entanto outras culturas, sim, o fazem. No meu caso pessoal impressiona-me que aqui em Portugal se venda e consuma carne de cavalo. Na minha cultura (na América do Sul) o cavalo é um animal de trabalho e estimação; mas tudo bem se os portugueses gostam.

Quando se mata um animal para comer faz-se de tal maneira que ele não sofra.

Sempre tive animais e gosto muito deles. Trato-os com respeito e carinho, sem exageros.

Também, se tenho que matar uma galinha para comer faço-o, ainda que prefira comprá-la pronta para pô-la no forno.

Uma anedota para acabar.
Chico Xavier conta que certa vez o seu gato de estimação apanhou um pássaro e o Chico vendo a cena foi apanhar o gato para repreende-lo e salvar o pássaro.
Nesse mesmo dia Chico estava a jantar um saboroso frango assado. Então Emanuel, seu mentor espiritual, aproximou-se e disse-lhe.
-Chico, gostavas que te repreendesse e tirasse da tua boca esse frango que estás a saborear?

Abraço.

Anónimo

16.4.10

"Não é o que entra pela boca que nos faz mais ou menos espirituais, é o que sai dela que nos “eleva ou afunda.”
Acredito que seja por aí também, pois dessa forma, fica mais coerente com o que Jesus fazia.Penso que esse diferencial que a religião espírita possui, que me atrai cada vez mais; a capacidade de avaliar as próprias atitudes, sua própria consciência...
Pável,agradeço o esclarecimento, me ajudou bastante!
Ah!Estou adorando o blog...
abraço
Cacau

Anónimo

18.8.10

Este texto asclareceu-me muito, pois tinha insistentes dúvidas que me aguniavam os sentidos sobre este assunto...obrigada e muita paz

André

18.8.10

Obrigado, Anónimo/a. Bem-Haja!

AA

Anónimo

12.10.10

A raça humana é tão egoista em achar que somos exclusividade de DEUS. Eu tinha uma gatinha Livia ela faleceu sabado dia 09/10/2010. Estou arrazada, minha amiga, companheira, como estou sentindo sua falta. Eu a lhava como um ser vivo, uma criatura de DEUS como nós humanos. Eu tenho que acreditar que os animais possuem alma sim, e que depois da morte vão para algum lugar.O animal, sente frio, calor, dor, tristeza, felicidade, compaixão, gratidão, possuim todos os orgãos parecidos
com os nossos.Eles adoecem e morrem como nós. Os animais quando nascem ja nescem sabendo, nós humanos precisamos que alguem nos ensinem. Então quem é a raça inferior? Não basta ter apenas um ser ao seu lado, alimenta-lo. Muitos acham que só alimenta-los é o suficiente. Previlégios de poucos são aqueles que os amam icondicionalmente. Eu posso dizer que eu sou uma previlegiada. A decadencia da raça humana,o egoismo faz com as pessoas acreditem só na sua especie. Eu acredito tanto em DEUS, sei que ele é justo, ele não desprezaria a alma dos animais. Não tenho religião, minha religião é DEUS, amo e respeito a natureza, pois através dela tenho o ar para respirar, tenho a agua pra beber. Algumas pessoas não precisam de religião para poder perceber o intimo de um ser, basta olhar com alma, que perceberemos tudo isso. Poucas pessoas possuem esse dom. TODOS NÓS TEMOS O DEVER DE CUIDAR DOS ANIMAIS, MAIS POUCOS TEM O PRIVELEGIO DE AMA-LOS.

Espiritualidade

14.1.11

Eu acredito nas almas dos animais.
No livro Os Animais têm Alma?, Ernesto Bozzano, conhecido filósofo e metapsiquista italiano, apresenta 130 casos de materializações de animais, visão e identificação de espíritos de animais mortos, alucinações telepáticas percebidas ao mesmo tempo pelo animal e pelo homem, bem como várias aparições de animais sob forma simbólico-premonitória. Cada caso é devidamente documentado e os comentários, apresentados com suas respectivas conclusões, são de difícil contestação.
Dna Célia, uma espírita muito conhecida aqui no Rio de Janeiro, durante as sessões do centro, ela citava animais e o nome dos mesmos e emocionava os donos dos bichinhos.( infelizmente para nós, ela já desencarnou )
No livro de Marcel Souto Maior, "Por Trás do véu de Ísis", que trata de um trabalho de investigação, de muita qualidade e isenção desse repórter, versando sobre a comunicação entre vivos e mortos, ele cita o Centro de dona Célia, como um dos que mais lhe impressionou.

Blog Espiritualidade

http://eespiritualidade.blogspot.com/2010/12/normal-0-false-false-false.html

Andreza

5.3.11

Olá,sou espírita e achei bem interessantes as publicações e alguns comentários;me interesso muito pelo assunto pois sou apaixonada por animais.
Eu acredito que eles realmente evoluem de um princípio de vida até chegar a uma forma inteligente,como nós,aliás,eu não me recordo agora em qual obra li o seguinte:os animais evoluem desse princípio de vida para um mais inteligente,porém não sem antes passar por modificações imensas.
Como a semente de hoje,está para a árvore amanhã;é difícil imaginar que esta última já foi um pequeno grão,pois as transformações no decorrer de seu crescimento foram grandes;e creio eu,que a própria passagem do Livro dos Espíritos publicada aqui já exemplifica muito bem a questão,mostrando que a diferença dos animais para nós é a mesma entre nós e Deus.
Outra coisa que gostaria de falar é sobre comentários que li,sobre os animais serem superiores aos humanos,pois tem pureza e agem por instinto...logicamente,os animais agem instintivamente e também mostram sentimentos como os nossos,e é claro que nos tenta dizer que muitos são melhores que muitas pessoas más que vemos por aí,só não podemos esquecer de que também existem seres humanos maravilhosos e que também nos encontramos em fase de evolução,assim como os animais.
Chico Xavier,já havia citado que "Nós seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar.",portanto,a nós,como seres mais evoluídos,compete guiarmos como amor esses seres tão queridos,que ainda se encontram na infância espiritual.

Luca

19.3.11

Olá, acabei de perder meu grande amigo. Tivemos que optar pelo sacrifício, uma vez que ele agonizaria se não tivéssemos tomado essa difícil decisão.
Sendo espírita sei que os animais não precisam passar por provas e espiações( como nós, humanos), portanto a eutanásia é permitida em animais, não existindo claro, a cura para o animalzinho.
Mas tenho uma dúvida. Sendo os cães animais, e estes irracionais, a alma deles permanece como se nada tivesse lhe acontecido, digo, por exemplo: após a morte, ele permanece na casa, no ambiente que ele sempre viveu até partir para a próxima jornada?
Há registros na literatura espírita de quais são os animais que auxiliam no nosso lar? Quanto tempo em média, um animal desencarnado pernanece na casa ou no ambiente em que vivia?

Aguardo anciosamente a resposta.
Grata.
Mariana.

André

19.3.11

Olá Mariana,

Nas 5 obras básicas da Doutrina Espírita as referências que existem são de que os animais reencarnam de imediato, pois não têm aprendizagens no estado de erraticidade (entrevidas terrenas).

No entanto, alguns autores conceituados, médiuns de confiança como Chico Xavier, referem casos em que os animais de companhia permanecem no lar, sem terem percepção do seu estado. E não é raro reencarnarem de modo a irem parar à mesma família onde foram felizes.

Lamentamos a partida do seu amigo de quatro patas. Estas dores fazem crescer a nossa sensibilidade e capacidade de amar. Felizmente o Espiritismo já nos esclarece que a morte é apenas uma mudança de plano de existência e que as separações nunca são definitivas.

Abraço amigo,

AA

Sebastian

22.3.11

Boa Noite,
a melhor resposta para esta questa eu encontrei no Blog : Guru-Tantao...vale a pena ver e penssar a respeito

Dringola

16.6.11

Gente, hoje perdi uma amigo, considerado um ente-querido, como um filho, ele tinha somente 10 meses, foi vítima de uma pessoa maldosa, todas as suspeitas indicam isso, tenho orientação espirita apesar de não ir com frequencia a centros, só sei que estou desolado, uma dor imensa, como se tivesse perdido meu pai, ou um filho, perdi meu pai com 14 anos, comparo essa dor a isso. Este animal de menos de 6 quilos me despertou sentimentos que nunca havia sentido em minha vida. Amava, ama, a falta que sentirei será a mesma de que se tivesse perdido um ente-querido. Não acho possível um animal como aquele, que só sabe dar carinho, com a sua personalidade claro, mais que perdoa em menos de 5 minutos, que faz carinho mesmo depois de ter sido chamado a atenção não ter alma, considero-o melhor que eu, ele com certeza perdoaria a pessoa que o fez mal, eu ainda não consigo perdoa-la.

Flávio

27.10.11

Amigos também perdi um amiguinho da raça pinsher tinha 7 meses e pesava um quilo mas era puro amor.. Eu e minha esposa estamos sofrendo muito essa perda mas confesso que depois que li todos esses comentários meu coração ficou mas aliviado e vou ao centro espírita conhecer melhor essa religião obrigado a todos flavio

Eloisa

27.11.11

OLá, meu nome é Eloisa e acabei de perder meu amiguinho, ele tinha apenas quatro meses e era um dos cinco filhotes de outro amor meu, minha cadelinha Dalila, até agora não sei se foi erro do veterinário ou veneno. Ele contraiu o papiloma virus e sua boca ficou cheia de verrugas, levei ele ao veterinário nesta últimna quarta, o qual aplicou uma injeção e disse que ele poderia ter algum tipo de reação, mas isso entre 12 horas, ele não apresentou nada até a madrugada de sexta, onde ficou muito mal, seus musculos enrijeceram, já não conseguia mais andar, entre internação e injeções, não aguentou, ontem pela parte da manha recebi a noticia no meu trabalho que ele nao resisitiu, estou siofrendo muito, porque não faz nem seis meses perdi um outro amigão, só este teve que ser sacrificado estava com um cancer bravo e já não andava mais. Preciso de uma leitura que me faça entender o que acontece, sou um ser humano muito apaixonado por animais e sofro muito com o sofrimento deles. Se alguém souber de um livro que me ajude a entender isso por favor me indique tá. Abraços fraternais a todos e obrigada.

André

27.11.11

Aqui vai a minha contribuição para o apelo da Heloísa:

http://blog-espiritismo.blogspot.com/2011/11/oracao-pelos-animais.html

AA

Edson Rocha

18.2.12

Sério que estão discutindo isto?

Legal um espírito poder pensar sem ter cérebro, vocês estão pregando que a informação não fica dentro dele, através dos neurônios. Para que ter cérebro se ela pode permanecer depois da sua morte?

André

18.2.12

Premissa errada, meu amigo. Nós 'pregamos' que os Espíritos têm cérebro, e têm todo o resto do corpo. O corpo espiritual é um duplo do corpo material.

Se estudar Espiritismo, começando na Codificação e passando por Gabriel Delanne, por exemplo, vai ter mais bases para um julgamento com conhecimento de causa.

Abraço amigo,

AA

Edson Rocha

23.2.12

É André, você também teria que ter mais base ao levantar um assunto destes.

- Qual o método empregado para dizer que eles têm cérebro e todo o resto do corpo?
- Você estudou outros pensadores, em geral céticos, que não são tendenciosos a acreditar em uma visão específica e subverter fatos para apoiar uma teoria sem base científica?
- Qual é o fator de controle deste experimento?
- Como é descrito em termos científicos?
- Onde estão os dados que comprovam esta teoria?

Verifiquei que você pesa muito para o que quer acreditar, o que a maioria faz. Afinal qualquer um que venha com uma teoria deve ser questionado, não importa se é Einstein, Maxwell, Heinsenberg, Charles Darwin, Max Planck, Paul Dirac, Newton, Galileu, o Papa, Chico Xavier, etc.

Somente de estar perguntando se os animais têm alma já mostra o senso de superioridade da espécie humana, esta pergunta não era nem para estar em debate, afinal a maioria apenas observa a vida como "Humanos" e o resto que possue algum tipo de sangue, se estudar o básico de DNA vai perceber que as plantas também entram na equação, e por sinal são mais importantes que agente, pois suportam boa parte das espécies do planeta através de fotossíntese, nos fornecem combustíveis, alimentos, e uma vasta gama de outras coisas. Nos seus posts vocês podem dar uma ênfase maior para elas.

Não é atoa que o Brasil é um país extremamente religioso, afinal na base da educação não é ensinado o principal para as crianças, o método científico, não somos ensinados a serem argumentativos, somos desde criança induzidos a acreditar em pseudociência, e infelizmente um monte de adultos infantis são gerados, tanto que são capazes de acreditar na palavra de uma criança e se entregar totalmente a este sentimento, como podemos perceber em vários casos na sociedade, especialmente nas visões da nossa senhora em fátima.
Se vocês tivessem nascido na Índia, Israel ou China, talvez nem estariam discutindo isso.

"Eu acredito em Zeus,Hera ou Hefesto é tenhos todos os escritos possíveis para comprovar que ele existe de acordo com os gregos e romanos."

Abraço

André

23.2.12

Olá Edson, e você já estudou Espiritismo, para partir para todo esse arrazoado?

Se tivesse estudado Espiritismo saberia que o Espiritismo é uma crença, e que, embora baseado em factos, não pretende ser detentor da verdade absoluta e obedece ao primado da razão e da Ciência.

Ou seja: sempre que a Ciência demonstre que algum dos nossos princípios esteja errado, altera-se a doutrina, ao invés de se fazer como as religiões, que tentam alterar a Ciência sempre que esta vai contra os seus livros "sagrados".

Agora há-de convir que seria maçador iniciarmos toda a cada uma das nossas frases com o estribilho "segundo a nossa crença...".

Os céticos dizem sempre o que o amigo Edson diz. Tal como os religiosos ortodoxos dizem sempre o mesmo (Deuterónimo XVIII, Bíblia, Inferno, Diabo, etc..). Os extremos tocam-se: no desconhecimento do que atacam.

Procure neste blog sff "Ligeira resposta aos detractores do Espiritismo", escrita por Allan Kardec.

AA

Edson Rocha

23.2.12

Oi,

Acho que você esta sendo contraditório, e não respondeu minhas perguntas. Se é baseado em evidências partilhem com os seguidores, aonde elas estão? E se realmente existe porque não é aceita pela comunidade científica, como lei?
Meu pai era espírita e minha mãe é católica, sou o único da minha famila a quebrar a tradição, desde criança não via sentido nisso, porém somente me converti para ateu quando comecei a estudar ciência e ver que a religião querendo ou não é imcompatível com ela.

Todos os religiosos sabem que a ciência não irá provar muita coisa porque estes assuntos que levantam são muitas vezes fantasias improvaveis. Exemplo, "Eu acredito que existem duendes e que estamos vivendo em um universo criado em computador por alguma espécie mais avançada" , a ciência não consegue comprovar isto no momento, assim é aberta uma gama de crenças. No meu ponto de vista o espiritismo é análogo a revolução que o martinho lutero fez com a reforma protestante, a cada geração a religião cede, e para não deixar de existir os conhecimentos são moldados ao longo dos anos para tentar se encaixar no mundo atual. Eu li a biblia, velho e novo testamento, e percebi que é algo criado pela mente humana, tanto que no velho testamento é uma brutalidade, deus escolhendo um povo em especifico e esquecendo de todo o resto do mundo, pedindo para um homem matar seu próprio filho, acabando com cidades inteiras sem pensar que tinha crianças no meio, etc, ai chega o novo testamento aonde quase tudo é lindo, ela é muito sentimental como qualquer ser humano.

Para mim estas experiências espíritas têm o mesmo peso do que as de abduções alienigenas, tanto que pessoas que são abduzidas realmente acreditam e tentam mostrar evidências de que foram e muitas vezes a ciência não consegue explicar. Um exemplo simples de como a mente nos faz ver o que ela quer seja por um mecanismo de proteção ou de crença, Quando uma barata ou aranha aparece e você não consegue se livrar dela, você sente que alguma coisa realmente esta andando pelo seu corpo ou explicitamente enxerga em cantos aleatórios estes seres, sem estar presente, um pequeno exemplo de que não devemos acreditar fielmente no que os olhos vêem.

"A psicologia em massa é muito poderosa"

Obrigado pelas respostas André.

André

23.2.12

É a sua opinião, caro amigo. Um dia que se disponha a estudar verificará que a imortalidade da alma e a reencarnação estão provadas, por cientistas tão insuspietos e competentes como o Nobel Charles Richet, ou Sir William Crookes, que só não foi Nobel por causa de pessoas preconceituosas como o Edson Rocha, que julgam saber tudo sobre o que nunca estudaram.

Abraço amigo,

AA

Edson Rocha

23.2.12

Ops, não é por que alguém ganha um nobel que ele sabe de tudo. Einstein foi um dos maiores cientistas do mundo e estava errado sobre mecânica quântica.

O mesmo argumento sobre preconceito vale para pessoas como você André, a partir do momento que abre um blog sabe muito bem que vai ter críticas. Eu não tenho preconceito contra religiosos, convivo muito bem com eles, seja espirita, católico, evangélico, budista, mulçumano, etc, tanto que no meu quarto minha mãe colou várias imagens da nossa senhora e têm um anjo em porcelana na minha mesa, para mim estas coisas são benignas, agora quando tentam usar meios científicos que as coisas já não se misturam, e têm de ser criticados sim, afinal um cientista de verdade sabe o quanto a critica é dura e se não analizar e criar uma teoria sólida ela será desmoronada.

Outro detalhe, você não falou nada com nada, e não respondeu nenhum dos meus argumentos e não me apresentou nada concreto, apenas alguns nomes de autores que deixaram algumas palavras em uns livros.

Eu não sei de nada sou apenas um estudante curioso de ciência, ainda tenho muitas e muitas dúvidas, pois ao contrário do que pensam a ciência quando não sabe de alguma coisa ela admiti e não tenta criar teorias falsas para explicar algo baseado em sentimentos e na incerteza dos sentidos.

E pelo jeito não prestou atenção no que eu escrevi, pois esta movido por defender um sentimento e vendo somente o que deseja. E só para constar existem diversos ganhadores do Nobel que são religiosos e nem por isso não acredito nos seus estudos, não sei se você sabe que a idéia do Big Bang vei de um padre, George Lamaître, e acredito pela imensa quantidade de evidências que suporta esta teoria.

André

23.2.12

Olá Edson,

Ao contrário do que pensa, nós também não somos completamente burros.

Não é por se ganhar um Nobel que se sabe tudo, é claro. Mas é por se estudar experimentalmente um assunto que se pode emitir um parecer acerca do mesmo.

Se V. não se dá ao trabalho de estudar, de saber o que outros já comprovaram experimentalmente, deexperimentar por si, e prefere manter-se na sua posição férrea, é opção sua. Eu não alimento pretensões de o convencer.

Nem entendo o que leva pessoas a invadirem espaços de crença diversos dos seus com linguagem e modos como os que tem patenteado.

Não me imagino a entrar num blog de ateus e querer enfiar-lhes na cabeça que Deus existe, por exemplo.

É claro que a seguir V. vai dizer que me furto ao diálogo e que temo a sua argumentação, etc.. O costume.

Tem razão. No Universo todo, de lés a lés, a Razão pertence-lhe exclusivamente a si, porque mesmo nada sabendo sobre um assunto, já sabe tudo e não precisa sequer saber. Abjuro as minhas crenças, estou convertido, vi a Luz. A sua Luz.

Aleluia, Aleluia, Aleluia!

AA

Edson Rocha

23.2.12

É como eu imaginei, os mesmos argumentos de sempre, "nós não somos burros" e sempre tentando enfiar palavras na boca dos outros, me mostre aonde chamei vocês de burros, dependendo da interpretação também poderia afirmar que você me chamou.

OK André que bom se estiver realmente estudando experimentalmente, vá postando os resultados dos seus experimentos, e não somente para pessoas do seu meio, opiniões diversas são construtivas, e boa sorte.

Abraço

André

23.2.12

(longo suspiro)

Anónimo

7.7.12

dia 05-07-2012 o meu menino o Pantufa partiu nesse mesmo dia passado algumas horas recebi um telefonema a pedirem para ajudar o sukci um caozinho que sera abatido se eu nao tomar conta dele . Tenho dentro de mim uma dor incomensuravel o meu menino com 16 anos teve que ser posto a dormir eu nao sei o k fazer sinto-me perdida procuro por ele em todo o lado sinto um desespero quero acreditar que ele ta a minha espera .O meu menino que tanto me deu sem pedir nada em troca apenas carinho comida e bebida nada mais .Ate morrer eu vou procura-lo porque nao consigo viver sem ele.

André

15.7.12

Olá cara amiga,

Já há dias que procuro palavras para responder à sua mensagem tão genuína e tão sentida. Os animais não "acabam", espiritualmente falando, tal como nós não acabamos. A vida terrena é frágil e fugidía. Que esta seja uma ocasião de crescimento interior e que à crise (natural e mais que justificada), suceda uma fé renovada nos desígnios de Deus.

Abraço,

AA

Anónimo

6.9.12

André,
Li todo o teu debate com o Edson e o que tenho a dizer é que nem todos estão preparados para entender o que para nós já é uma verdade. Que cada um seja feliz da sua maneira. Chegará o dia em todas os seres humanos terão apenas uma crença. É esperar para ver! Abraço fraterno e parabéns pelo blog!

Anónimo

6.9.12

Apenas uma crença? Só se for imposta uma ditadura nas consciências.

André

6.9.12

Refere-se a quê em concreto, Anónimo?

AA

Anónimo

10.10.12

continuo a tua procura pantufa meu melhor amigo desde que tu partis-te sinto uma tristeza dentro de mim procura-se respostas .tavas tao doentinho meu menino,salvei o suhki ja esta comigo tambem lhe tenho grande amor ,mas nao ha dia em que eu nao chore por ti ,onde estas ? meu conpanheiro de 16 anos ,nao falavas mas eu sempre entendo o que me dizias meu amigo de 4 patas ,vou continuar a tua procura aqui e no dia em que eu partir

Anónimo

17.10.12

mais um dia sem ti meu pantufinha e cada dia pior as saudades são acompanhadas de uma dor incomensuravel foste a melhor companhia ,o meu melhor amigo a alegria da minha vida a luz dos meus olhos ,meu caminho é dificil o meu objectivo é encontar-te aqui ou lá seja a onde for demore o que demorar .sera que vais voltar para mim? sera????????????????????

Priscila

19.12.12

O espiritismo é uma crença baseada em fatos? Nossa, acabei de desistir de debater esse post.

André

19.12.12

LAMENTAMOS QUE NÃO SIMPATIZE COM CRENÇAS BASEADAS EM FACTOS, PRISCILA. NÃO SE PODE AGRADAR A TODOS...

ABRAÇO,

AA

Enviar um comentário